sábado, novembro 30, 2013

e das esperas que valem a pena

❥ | jamie cullum @coliseu do porto


o bilhete estava comprado há meses, mas antes disso fizeram-se planos para ir ouvi-lo, primeiro a Lisboa e depois ao Algarve. pesquisaram-se voos, hotéis, mas acabaram por ser planos que não saíram da vontade, mas de uma vontade que nunca se perdeu, e ainda bem, porque o 'puto' é mesmo fabulástico ...

{e que deliciosa surpresa foi ouvir a Kat Edmonson na primeira parte}

dos barulhinhos deliciosos

❥ | noiserv @centro multimeios


assistir a um concerto de quem até àquele momento nunca tinha sequer ouvido falar não é novidade para mim. somo já várias felizes surpresas ao longo dos anos. ele fez questão e eu fiquei, mais uma vez, deliciosamente surpreendida com este projecto.

sexta-feira, novembro 29, 2013

(de)coração

❥ a ressuscitar a home designer que há em mim

já o tinha ajudado em alguns apontamentos do seu recente espaço. uns têxteis para o quarto, um candeeiro para a cozinha, uma almofada para o sofá, mas a verdadeira tragédia aconteceu há uns dias quando ele me deu carta branca e eu organizei-lhe o roupeiro. acessórios, cabides, caixas de arrumação ... e que fantástica é esta loja em assuntos de organização.

sim, sou uma IKEA lover assumidíssima. passem dez ou vinte anos hei-de recordar sempre a viagem a madrid para conhecer a loja pela primeira vez, ainda longe de imaginar que não tardaria muito a visitar várias vezes a de Alfragide e muitas mais a de Matosinhos. posso concordar com as vozes que dizem que a qualidade às vezes desilude, mas sejamos honestos, a relação qualidade vs preço está muito próxima da perfeição. 

ninguém quer sabotar o site da zara?!?

❥ é que assim não há ordenado que me resista



@zara #fall/winter 2013
25,95€
59,95€

gosto destes descontos fora de tempo

❥ [mango] 


é sexta senhores, é sexta

❥ {chega aqui a mari aos pulos}

gosto de ter o que fazer, de correr de um lado para o outro, de planos que se entrelaçam, mas esta semana foi um exagero. valha-me este serão em modo "daqui não saio, daqui ninguém me tira" para vos conseguir acompanhar. e por isso hoje o meu compromisso é apenas com o portátil, no colo, e uma chávena de chá, ao esticar o braço.

sábado, novembro 23, 2013

querido pai(s), Natal

❥ porque pedir não custa nada ... em tamanho extra small, sff




@zara #fall/winter 2013
69,95€
39,95€

sexta-feira, novembro 22, 2013

OMG, fiz franja

❥ e agora não sei o que fazer com ela


uma pessoa decide que está na hora de fazer um corte a sério. reconhece que o cabelo sofreu muito com o sal e o cloro das férias e que precisa de lhe dar vida. começa a pesquisa e essa pessoa inspira-se numa miúda gira, que já se sabe leva uma manhã inteira para se preparar e ser fotografada, e decide finalmente render-se à franja. essa mesma pessoa, eu, sai linda e poderosa do cabeleireiro, tira foto, aplica um filtro do instagram, ganha montes de likes no facebook, eleva o ego aos píncaros e no dia seguinte começa o pesadelo. pois, é que não tendo o tempo nem a paciência para escovas e secadores, só me apetece enfiar dois ganchos para a dita não me espetar os olhos. 

quinta-feira, novembro 21, 2013

o frio está a dar cabo de mim e os resultantes esperam-se catastróficos

❥ mais um episódio da série "oh meu Deus, faz-me menos gulosa, mas não agora"

estou em crer que o meu corpo está a desenvolver uma reacção alérgica ao inverno. o meu estômago parece que miraculosamente se ligou à ficha e está numa de exigir comida como se não houvesse amanhã. não sei onde isto vai parar, mas daqui para a frente as idas à balança são capazes de se tornarem o meu pior pesadelo.

quarta-feira, novembro 20, 2013

um mês

 um dia deixas o medo de lado e voltas a contar os dias a dois


não é algo instantâneo, é um processo gradual. uma aprendizagem muito lenta, como se fosse pela primeira vez. tem dias que dás um passo em frente e no seguinte dás dois atrás. tem dias que paralisas e desconheces a razão. mas todos os dias repetes "não racionalizes, deixa-te ir", como se de um mantra se tratasse. e a verdade é que um dia deixas as dúvidas sem voz e voltas a acreditar. um dia deixas as feridas secar e voltas a sonhar. um dia deixas o medo de lado e voltas a contar os dias a dois. e a delinear planos, que não te incluam apenas a ti própria. e a somar sorrisos, abraços e mãos dadas. não sei se por mais um mês, um dia ou um ano. que dure apenas enquanto seja assim, feliz.

terça-feira, novembro 19, 2013

um dia tornaste-te uma pirosa do pior

hoje foi o dia!*

*o dia em que mudei o fundo do meu telemóvel para uma foto a dois, aquela que já não consigo desgrudar o olhar. 

olá Lisboa

❥ | local natives @TMN ao vivo


é daquelas cidades que não precisam de apresentação, onde é sempre bom voltar, nem que seja só por um par de horas. desta vez para assistir a um concerto com ele. 

domingo, novembro 17, 2013

inspirações para a semana que se segue

❥ um look

❥ uma música

❥ um filme

❥ um sabor (em forma de evento)

❥ um blogue

fazer da gratidão um lema de vida

❥ o melhor do meu dia aos meus olhos


sou a miúda que vê sempre o copo meio cheio, que sorri enquanto derrama lágrimas, que se sente grata por respirar, pela família pegajosa que tem, pelos amigos que a escolheram. costumo intitular-me como "a miúda que insiste em ver a vida através de um filtro cor-de rosa". não considero que exista melhor pensamento para me resumir. e é por isso que o melhor do meu dia pode ser o abraço de quem gosto, a saudade de quem está longe, o chocolate que descubro na gaveta da secretária ou até mesmo descobrir a grande gafe que cometi no trabalho. viver é lidar a cada minuto com emoções, ora doces, ora amargas ... mas ainda assim, todas elas, fabulásticas.

mas hoje, o melhor do dia, é estar neste momento a caminho de Lisboa. no regresso, depois de umas cinco horas encatrafiada num carro, é provável que possa ter algumas considerações adicionais, mas por agora sigo entusiasmada para a cidade que aprendi a gostar.

sábado, novembro 16, 2013

e foi tão bom ser surpreendida

❥ | the happy mess @casa da música


repito com frequência que não gosto de surpresas, que prefiro aquela ilusória sensação de controle sobre o que segue, que gosto, e mais, que preciso, de conhecer todos os meus passos, mas a verdade é que às vezes é tão bom caminhar sem saber qual o destino ...

quinta-feira, novembro 14, 2013

quarta-feira, novembro 13, 2013

efeito boomerang

❥ um dia o passado bate-te à porta

hoje tinha tudo para ser (apenas) mais um dia. acordar no último minuto, sair de casa a correr, chegar ao trabalho em cima da hora e ter já mil e uma coisas à minha espera. mas hoje o dia começou também com um pedido de desculpas. e poderia ter continuado a ser (apenas) mais um dia se esse pedido de desculpas não tivesse chegado com um atraso de, ora deixa cá ver, vinte anos. 
corria o ano de 1993, primeiro dia de aulas, e dois adolescentes cruzaram os seus olhares também pela primeira vez. o Nuno não foi o primeiro namorado, mas foi o primeiro amor, aquele que marinou meses até ao primeiro beijo. como podem calcular, quando ele terminou (porque os amigos não gostavam do tempo que ele passava comigo de mim) sofri muito com isso. (sim, era um parvo, ele próprio já o reconheceu) 
no entanto, das vezes que posteriormente recordei esse episódio da minha história nunca a guardei com ódio ou rancor, aliás, sempre acreditei que o tinha merecido porque eu também já tinha magoado muito alguém. registem isto, o karma é lixado e às vezes não tarda. até hoje, consciente do peso das palavras: "arrependimento", "culpa" (e fugindo desses sentimentos como o diabo foge da cruz), é quase incompreensível para mim que vinte anos depois ele precise do meu perdão. um perdão que eu nunca considerei devido. bolas, vinte anos depois ...

sexta-feira, novembro 08, 2013

em loop

❥ oh meu Deus faz-me menos vaidosa, mas não agora


para um mês sem compras novembro parecia a minha melhor hipótese num futuro mais próximo (em dezembro há as prendas, que simplesmente não resisto a duplicar para mim, em janeiro chegam os saldos, é, assim ninguém aguenta), mas na verdade ainda não foi desta ... talvez em fevereiro. o que é preciso é ter fé.

quinta-feira, novembro 07, 2013

da vida

❥ se soubéssemos o quanto é imprescindível, tanto como o ar que respiramos, respeitar, cuidar, mimar, amar, a nós próprios, veríamos muito mais felicidade partilhada por este mundo.

o modo continua o mesmo

❥ melosos mais melosos não há


o amanhã é uma incógnita, sempre! mas como o que realmente interessa é viver o momento o < agora > está a ser delicioso. {suspiro}

sábado, novembro 02, 2013

os dias são mais doces quando me permito sonhar

❥ veneza


o nosso a seu tempo

❥ porque não se oferece "Amor" como se estivéssemos a falar da última bolacha do pacote


é-me bastante fácil usar a palavra "amor" com uma amiga, com uma colega de trabalho, mas o verdadeiro desafio é usá-la na sua plenitude, no seu literal e profundo significado. naquele sentido que não se diz hoje e desdiz amanhã. a palavra acarreta o maior e extraordinário sentimento, traz com ele uma grande responsabilidade e é por isso que nós, perdidos nas dezenas de alcunhas que já encontramos um para o outro, (ainda) não conseguimos usar "Amor".